Um código de conduta para te guiar no território

O «nosso» manifesto compila vários documentos (nacionais e internacionais que consideramos relevantes) de boas práticas que o/a turista ou visitante – e não só – devem ter nos territórios. Ao guiares-te por este código de conduta, já estás a emprenhar-te do nosso conceito dos 5 “S”, no qual o Silencio, os Saberes, os Sabores, a Simplicidade e a Sustentabilidade constituem a identidade do nosso projeto, como podes ler na rubrica “Sobre o “Contigo, Há Descoberta”.

Assim, convidamos-te a adotar estas medidas no decorrer das nossas atividades, sejam elas promovidas pelo “Contigo, Há Descoberta”, por outros agentes do setor turístico, ou em visita por iniciativa própria.

O lugar que visitas é a tua casa, e de tantos outros seres que habitam e que passam pelo território. Desse modo, deixamos-te um leque de recomendações.

Código de Conduta e Boas Práticas do/a turista responsável

– Informa-te sobre o local que vais visitar. Aliás, podes entrar em contacto connosco (sem qualquer compromisso) e damos-te as melhores indicações sobre a região.
– Vive, aprecia e agradece o território que visitas!
– Respeita os locais, o seu modo de vida e as suas tradições.
– Respeita o património arquitetónico. Está protegido por Lei.
– Na natureza, segue os trilhos sinalizados e respeita as sinalizações.
– Não faças mariolas (definição: “Conjunto de três ou mais pedras sobrepostas, geralmente de forma piramidal ou cónica que, em certas serras ínvias, indicam de trecho em trecho o caminho a seguir.”.– fonte :https://dicionario.priberam.org/mariolas).
Embora estejam na moda por questões estéticas, as mariolas têm um simbolismo próprio e causam impacto na paisagem.
– Respeita a propriedade privada. Fecha as cancelas, caso surjam no percurso.
– O silêncio é um bem escasso, portanto, evita ruídos e atitudes que perturbem a paz do local e escuta a sinfonia da natureza.
– Observa e mantêm-te à distância dos animais selvagens que encontras e não os alimentes.
– Não apanhes plantas, nem amostras geológicas ou outros elementos que façam parte do espaço natural.
– Tira fotografias para ficares com memória do que mais gostaste. Procura mais «ser» do que «ter».
– Não faças lume, a não ser em locais autorizados para esse efeito.
– Não deixes resíduos nos espaços que visitas e caminha sempre com um ou mais sacos. No final, deposita-os nos locais apropriados.
– Respeita as indicações e alertas das autoridades nacionais e locais, seja para o risco de incêndios ou de risco de fenómenos climatéricos extremos.
– Caso encontres animais selvagens feridos contacta o centro de recuperação de fauna selvagem feridos (CERVAS) ou o ICNF (ver contactos abaixo).
– Sempre que assistas a alguma irregularidade, contacta as autoridades (ver contactos abaixo).
– In Guide We Trust! E…respeita o/a guia! Somos bons anfitriões e queremos conduzir-te nas nossas experiências. Além disso, somos conhecedores da região!

Fontes: ICNF | GEOPARK Naturtejo | Portugal Clean&Safe


Mas, acima de tudo, respeita, atua com responsabilidade e em prol do ambiente, na salvaguarda dos ecossistemas e faz do espaço que visitas a tua casa! Sê um/a agente ativo/a.

  • Caso algum ponto acima mencionado seja infringido pelo/a participante no decorrer das experiências, a equipa do “Contigo, Há Descoberta” reserva-se o direito de interromper a atividade sem reembolsar o/a participante.

Contactos relevantes

Alerta de incêndio
112

SEPNA (Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente) – GNR
808 200 520

CIAV | Centro Antivenenos
808 250 250

SOS Ambiente
808 200 520

ICNF | Guarda
271 208 400

CERVAS | Gouveia
919 457 984