CACI

O CACI constitui uma resposta social de base comunitária, com uma regulamentação centrada na promoção da autonomia, da vida independente, da qualidade de vida, da valorização pessoal, profissional e da inclusão social, em concretização dos princípios e valores preconizados em instrumentos legislativos nacionais e internacionais, nomeadamente na Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência.

Este equipamento destina-se ao desenvolvimento de atividades e terapias para pessoas com deficiência e que se constituam como um meio de capacitação para a inclusão, em função das respetivas necessidades, capacidades e nível de funcionalidade.

O CACI tem como destinatários/as as pessoas com deficiência, com idade igual ou superior a 18 anos, que não possam por si só, temporária ou permanentemente, dar continuidade ao seu percurso formativo ou exercer uma atividade profissional, ou ainda que se encontrem em processo de inclusão socioprofissional, designadamente entre experiências laborais, tendo capacidade máxima para 60 pessoas com deficiência.

A inclusão acontece a partir do momento em que a pessoa se reconhece e que sabe da sua importância.

Nesse sentido, cada companheiro é integrado nas oficinas e em outras atividades de capacitação, onde pode exprimir livremente as suas habilidades artísticas, motoras, culinárias, dança, musicais, teatro, pintura, etc. Estas atividades realçam a identidade de cada ser, favorecem a autoestima e a consciência da sua importância na sociedade.