Ateliers

A ASTA possui vários ateliers de atividade para que o nosso grupo de 42 companheiros, internos e externos, possa desenvolver as suas capacidades sensoriais e motoras.

As nossas atividades incidem essencialmente em ateliers de trabalho. Estes, pelo seu cariz utilitário incutem cidadania e sentido, não se limitando a serem mera terapia ocupacional. O trabalho é um processo que o companheiro executa de princípio ao fim, exige rigor e vontade de cumprir uma sequência de tarefas. Os nossos ateliers de trabalho têm um caráter artesanal, recorremos o mais possível a produtos naturais.

De salientar que em todas as atividades desenvolvidas na ASTA, está sempre patente o sentido do ritmo, da responsabilidade, do respeito e da “espiritualização” do trabalho como algo de fundamental para a saúde biopsicossocial e espiritual de cada cidadão e contribuição para uma sociedade mais justa, bonita e harmoniosa.

Os nossos ateliers têm um ritmo de trabalho diário, entre as 9:00h e as 17:00h, em continuidade semanal, o que permite adquirir um espírito de trabalho e responsabilização no sentido da criação de peças com intuito de serem adquiridas e utilizadas.

O nosso trabalho sócio-terapêutico desenrola-se nas seguintes áreas / espaços:

3 OFÍCIOS

A tecelagem é um atelier de base e com ritmo diário de continuidade. È frequentado por jovens que precisam de um contato continuado com o calor. Os materiais utilizados são essencialmente a lã, o algodão e o linho a trabalhar nos teares de madeira. Paralelamente a este atelier e dentro do mesmo espaço (3 vezes por semana), desenvolve-se o atelier de “costura e bordados” respondendo a necessidades circunstanciais das actividades da ASTA e ao aproveitamento e estimulação de competências já adquiridas.

O trabalho neste atelier permite (particularmente nos teares); a nível terapêutico uma estimulação da psicomotricidade global; a aprendizagem do sentido estético na conjugação de cores e formas e também do sentido utilitário, tendo em conta que, os trabalhos se destinam a ser utilizados nas próprias casas da ASTA ou a ser adquiridos por alguém.

Tece que tece
Doba que doba
Cose que cose

São fios de estrelas são ritmos que giram;
São cores aquecidas
Pelas nossas mãos

É o nosso trabalho!
É um canto de vida
Que paira na alma
Como oração                                                        Maria José Dinis da Fonseca

Este atelier surgiu com o objetivo terapêutico e pedagógico de dotar os nossos companheiros com competências práticas e técnicas agroalimentares, dando-lhes hábitos e ritmos de trabalho individualizados. Trabalhamos numa perspetiva de cultivo biológico para consumo interno da nossa, já vasta, população e comercialização dos produtos alimentares excedentários, cujas receitas ajudam à sustentabilidade do atelier.

COZINHA

Este atelier tem a finalidade de apoiar diretamente na recolha, transformação e conservação dos produtos do nosso atelier de agricultura biológica, bem como de dar apoio na preparação da alimentação para todos os núcleos e servir as refeições aos grupos dos ateliers da aldeia . Dada a localização privilegiada deste espaço, face à natureza e às condições logísticas que lhes são inerentes, queremos que este espaço seja pedagógico como atelier para os nossos companheiros mais aptos, de apoio e aprendizagem na confeção gastronómica e ainda para formação e degustação, para grupos do exterior, numa perspetiva alternativa, saudável e solidária visando sempre a sustentabilidade e a prática inclusiva e cidadã.